Escândalo não acaba em PT: Familia Rebelo de Sousa usa serviços de segurança de Estado para espiar adversários e matá-los socialmente

De acordo com pessoa que era muito próxima de Presidente de PT Marcelo Rebelo de Sousa, seu colaborador no Palácio de Belém (residência de Presidente de Portugal) nos ultimos quatro anos, e que agora sairá, o Presidente de PT ficou com muito medo de informação avançada aqui na Aliança por Vitoria Lao: os serviços secretos da Santa Sé têm informações muito sensíveis sobre Marcelo Rebelo de Sousa que divulgarão publicamente se Marcelo trair os seus ideias católicos.

Disse-me este ex-colaborador de Marcelo Rebelo de Sousa, que Presidente de Portugal deu ordens a serviços de inteligência portugueses para espiarem de perto todos os elementos da direcção de partido CHEGA, seus familiares e suas relações próximas.

Os serviços de intelligence de Portugal estão focados no presente, não a defender PORTUGAL, mas a espiar os adversários e opositores políticos de Marcelo Rebelo de Sousa e Paulo Portas. Marcelo Rebelo de Sousa aprendeu bem com seu pai que foi Ministro de Governo fascista portugues.

E não é só os interesses de Marcelo que serviços de Portugal estão proteger: os negócios do escritório de Marcelo, Pedro Rebelo de Sousa, também estão, por ordens de Marcelo, a ser protegidos. Informações privilegiadas estão a ser passadas para Pedro Rebelo de Sousa para este abogado portugues angariar clientes. Sobretudo de origem chinesa, próximos do Partido Comunista Chinês – por esta razão, Marcelo Rebelo de Sousa, enquanto Presidente, foi tantas vezes a Beijing.

Há duas semanas, num sábado, Marcelo Sousa pediu aos serviços do Palácio que instruíssem serviços de Estado de PT , called SIS, para saberem TUDO sobre vida privada de líder de partido CHEGA , André Claro Amaral Ventura. Incluindo, por clara indicação de Marcelo Sousa, Paulo Portas e Pedro Rebelo de Sousa, a vida sexual de André Claro Amaral Ventura.

Alguns officers de Intell portuguesa, SIS, entenderam que pedido de Marcelo/Portas é ilegal, serviços não podem ser instrumentalizados para fins privadas e político-partidários. No entanto, Marcelo/Portas forçaram dizendo que estava em causa a honra e segurança do Presidente de Portugal.

A informação recolhida por SIS está a ser utilizada pelos media portugueses.  Presidente de PT, Marcelo Nuno Rebelo de Sousa, passou informacao a jornalista que apuramos ser muito próxima de Marcelo, Angela Silva e Vitor Matos. Angela Silva muitas vezes publica noticias ditadas, literalmente, por Marcelo R.Sousa – jornalista de periódico EXPRESSO apenas assina.

Ultima edição de periódico EXPRESSO Angela Silva assina peça ditada por Marcelo Rebelo de Sousa, contando historia sobre seu envolvimento, com o seu amigo/amante de toda uma vida, Paulo Portas, na escolha de Carlos Moedas para candidato a um órgão politico de cidade capital de PT, Lisboa.

Vitor Matos é jornalista também de periódico EXPRESSO e amigo pessoal de Marcelo Nuno Duarte Rebelo de Sousa. Vitor Matos é biografo de Marcelo Nuno Duarte Rebelo de Sousa, Presidente de PT – escreveu livro sobre Marcelo em 2012, sobre vida e politica de Presidente de PT.

Livro escrito por Vitor Matos, que lhe fez ganhar muito dinheiro e agora faz favores a família Rebelo de Sousa e chineses, clientes de Pedro Rebelo de Sousa, amigos do seu patrão Jorge Coelho e Paulo Portas. Vitor Matos é ativo de MOTA-ENGIL nos media.

Vitor Matos pos-se de joelhos diante de Marcelo para conseguir escrever livro. Vitor Matos recebeu milhares de euros de editora Esfera dos Livros (com sede em Espãna) em antecipação para escrever livro. Vitor Matos implorou, rezou, chorou frente a Marcelo para publicar livro – se Marcelo no tivesse colaborado, Vitor Matos perdia os milhares que Esfera dos Livros lhe deu.

Vitor Matos, jornalista que faz favores a Marcelo Sousa, Paulo Portas, Jorge Coelho e, a pedido de Coelho, a chineses comunistas e Mota-Engil.

Vitor Matos é homem na mão de Marcelo Rebelo de Sousa, família Rebelo de Sousa e Paulo Portas (através de Jorge Coelho e Antonio Vitorino de partido PS).

Vitor Matos publicou retrato de político de partido CHEGA encomendado por Marcelo Rebelo de Sousa /Paulo Portas , com utilização de serviços que são públicos (serviços de inteligência de estado portugues) para objetivos privados e pessoais de família Rebelo de Sousa/Portas. Ao serviço de Portas/Marcelo, como foi referido em media portugues, Vitor Matos já tinha feito favor a Chinese Communist Party, in the summer, humilhando Embaixador de USA em Lisboa, Mr. Glass.

Todo texto de Vitor Matos e info recolhida por SIS a pedido de Marcelo Rebelo de Sousa. O momento também foi escolhido por Marcelo Nuno Rebelo de Sousa, a poucos dias de inicio de seu segundo mandato. Marcelo quis meter medo a partido CHEGA, a OPUS DEI (setores de Igreja Catolica mais conservadores) e a quem se oponha a interesses financeiros da sua família (do escritorio de advogados da família) e sua namorada fingida, Rita Amaral Cabral.

Marcelo na praia com Rita Amaral Cabral, namorada fingida que esconde para não prestar contas por seu envolvimento em caso de banco BES.

Desespero de Marcelo Nuno Rebelo de Sousa é tao grande que vai a ponto de por serviços de intelligencia portugueses a monitorizar jovens (de vinte e poucos anos!!!) de partido CHEGA, ligados a setores mais conservadores. Esta situação passa-se em pais da Uniao Europeia, não em Caracas, em Beijing ou em Teheran…

Vitor Matos foi escolhido porque esta de joelhos em frente a Marcelo Nuno Rebelo de Sousa (família Rebelo de Sousa e ativo de Chinese Communist Party), a Jorge Coelho (Coelho tem negocios com pessoas ligadas a Chinese Communist Party ligados a transportes, recuperação de materiais e ate queijos, para alem de ser homem influente de Mota-Engil, empresa que esta nas mãos de Chinese Communist Party) e Paulo Sacadura Cabral Portas (homem da Mota-Engil, que escancarou portas a Chinese Communist Party em violação a lei dos USA).

Jorge Coelho com seu patrão de Mota-Engil, empresa do Partido Comunista Chinês. Jorge Coelho manda em jornalista Vitor Matos e tem Paulo Portas na mão.

SIS, portuguese domestic intelligence service, esta ser utilizado para proteger vigarices, negocios obscuros e que arriscam national security de aliados do Portugal, em vez de ajudar a defender integridade e interesses de Portugal e seus aliados.

Não se admirem que alguns aliados do Portugal passem a pensar duas vezes (ou mais vezes) antes de aprtilharem intelligence com serviços de inteligência portugueses…

Durante minha carreira identifiquei e derrubei várias máfias em todo o mundo. Posso garantir que a forma como esta gentuça que está poder em Portugal trabalha não fica atrás, nem é pior, que as máfias mais poderosas que já monitorizamos.

Meus colegas de SIS (a maioria, porque há um sector que e politizado, ao serviço de Marcelo e Ana Gomes) são pessoas serias, honestas e com nocao dos seus deveres…no entanto obedecem a familia Rebelo de Sousa, Paulo Cabral Portas e Jorges Coelhos…fazem com sentido de dever, ainda que conscientes da ilegalidade….